Dar uma olhada no zap, ver as horas, ou, acender a tela do iPhone para ver as notificações. Estas são algumas ações comuns do nosso dia, que já fazem parte da nossa rotina. E sim, a tecnologia ajuda demais nas nossas vidas. Mas, como todas as coisas, em excesso pode fazer mal.

E enquanto falamos tanto de produtividade e como estas ferramentas podem nos ajudar, é preciso estar atento a como de fato se concentrar neste mundo completamente digital.

Você pode estar se perguntando agora, será que eu me encaixo nesta categoria? Olha, há uma forma de descobrir.

Eu vou te fazer uma pergunta e caso a resposta seja não, então eu recomendo que continue e coloque em pratica o que vou te mostrar.

As vezes você pode até conhecer o recurso, mas, coloca em prática?

Se liga na pergunta então 👇👇👇

Você consegue ir na loja da esquina sem levar qualquer dispositivo que te traga a sensação de estar conectado com o mundo?

Pois é, esta dependência pode ser perigosa se não for corretamente calibrada. O smartphone e seus aplicativos de mensagem, redes sociais, câmera e jogos, tornou-se um dispositivo fundamental na vida de muitas pessoas. Inclusive na minha. Mas, precisamos falar sobre como ele também pode causar essa dependência.

Em alguns casos, o uso em excesso pode prejudicar relacionamentos sociais, o lazer e o desempenho no trabalho e nos estudos. O indivíduo deixa de realizar tarefas antes importantes do seu dia a dia e sua capacidade de concentração é reduzida.

A ansiedade é um sentimento comum, e, para o desenvolvimento humano ela é imprescindível. A gente sente ansiedade na véspera de um evento específico, de uma entrevista de emprego, casamento, ou, até mesmo prestes a encontrar uma pessoa que não vimos há bastante tempo. E isso é legal pois ao final desta etapa o seu cérebro libera toxinas que te fazem sentir relaxado e te deixam com a sensação de dever cumprido.

Mas quando estas sensações de ansiedade acontecem com frequência e em momentos adversos, é um sinal de que um transtorno por ansiedade pode estar surgindo, principalmente mediante ao consumo desenfreado por informação, onde, ao terminar de processar uma, outra já está sendo disponibilizada. E isso com frequência pode exercer uma dependência mediante ao conteúdo, que gera expectativa pelo próximo, que, pode então, vir a criar uma dependência do smartphone.

Por isto nessa história, vou abordar um recurso que está presente no seu iPhone e iPad, que permite saber quanto tempo você e seus filhos passam em apps, sites e muito mais. Dessa forma, você pode tomar decisões fundamentadas, ou seja, com base em fatos e dados, e não apenas em achismos, sobre o uso dos dispositivos, além de definir limites, se quiser. Continue lendo para saber como ativar o Tempo de Uso, visualizar o relatório e definir limites.

Da mesma forma que na sua residência você tem um relógio de medição de consumo de energia que te informa se você e sua família passam muito tempo no chuveiro quente, o recurso Tempo de uso mostra o tempo que você investe a sua energia física e emocional no seu smartphone. E quanto mais energia você investe, mais cansado você se sentirá para executar outras atividades comuns da rotina, e mais momentos incríveis que somente a desconexão pode oferecer estão sendo perdidos.

Como ativar o recurso

  1. No iPhone, iPad ou iPod touch, acesse Ajustes > Tempo de Uso.
  2. Toque em “Ativar Tempo de Uso”.
  3. Toque em Continuar.
  4. Selecione “Este [dispositivo] É Meu” ou “Este [dispositivo] É de uma Criança”.

No caso de dispositivos de crianças, você pode configurar o Tempo de Uso e criar ajustes direto no dispositivo ou usar o Compartilhamento Familiar para configurar o dispositivo da criança a partir do seu. Depois de configurar o dispositivo da criança, você também pode usar o Compartilhamento Familiar para ver relatórios e alterar os ajustes a qualquer momento direto do seu dispositivo.

Agora, sempre que quiser, você pode receber um relatório que informa como usa o dispositivo, apps e sites. E além deste, toda semana você recebe uma análise, sempre fazendo uma comparação com a semana anterior e te mostrando se você está usando mais seu dispositivo, ou, menos, incluindo o percentual. O importante é você também conseguir identificar neste relatório se o aumento foi devido a uma situação específica, ou, sem motivo. O recurso de visualização por categoria é também muito útil e te ajuda a identificar onde você investe mais seu tempo quando está com o smartphone nas mãos.

Visualizar o relatório e definindo limites

O recurso Tempo de Uso oferece um relatório detalhado sobre como o dispositivo é usado, os apps abertos e os sites acessados. Basta acessar Ajustes > Tempo de Uso e tocar no gráfico. Em seguida, é possível verificar o uso, definir limites para os apps Mais Usados e ver quantas vezes o dispositivo foi ativado ou recebeu uma notificação.

Entendendo melhor os recursos

O recurso Tempo de uso foi criado pela apple com base em 4 Pilares: repouso, limite de apps, sempre permitido e conteúdo e privacidade. Cada seção destas configurações possui uma atribuição diferente, que nós vamos conhecer agora.

Repouso

É como se fosse uma soneca do tempo de uso. Quando o Repouso é agendado em Ajustes, ficam disponíveis apenas ligações telefônicas e os apps que você decidir permitir. O Repouso se aplica a todos os dispositivos em que o recurso Tempo de Uso estiver ativado, e você recebe um lembrete 5 minutos antes do início.

Limite de Apps

Com o recurso Limites de Apps, você pode definir limites diários para categorias de apps. Por exemplo, você pode ver apps de Produtividade enquanto está no trabalho, mas não de Redes Sociais ou de Jogos. Os Limites de Apps são reiniciados todos os dias à meia-noite, e você pode apagá-los a qualquer momento.

Sempre permitido

Serve para quando você quer acessar determinados apps, mesmo se o dispositivo estiver em Repouso ou se você tiver definido o limite de app “Tudo (Apps e Categorias)”. Telefone, Mensagens, FaceTime e Mapas são definidos como Sempre Permitido por padrão, mas você pode removê-los, se quiser.

Conteúdo e privacidade

Você decide o tipo de conteúdo que aparece no dispositivo. Bloqueie conteúdos inadequados, compras e downloads e defina ajustes de privacidade com o recurso Conteúdo e Privacidade.

A saúde da sua família

Com o Compartilhamento Familiar, você pode compartilhar músicas, filmes, apps e muito mais com a família. Mas além disso, você também pode cuidar da saúde da sua família, pois, ele funciona com o Tempo de Uso. É possível ver relatórios e alterar os ajustes das crianças da família a qualquer momento, direto no seu dispositivo.

Caso você já esteja em um grupo familiar, acesse Ajustes > Tempo de Uso e toque no nome da criança. Se precisar criar um ID Apple para a criança, acesse Ajustes > [seu nome] > Compartilhamento Familiar > Tempo de Uso.

Se você ainda não usa o Compartilhamento Familiar, toque em “Configurar Tempo de Uso para a Família” e siga as instruções na tela para adicionar crianças e configurar a família. Você pode adicionar integrantes da família a qualquer momento nos ajustes do Compartilhamento Familiar.

O que não é medido, não é gerenciado

Com o recurso Tempo de uso você pode medir e entender o uso do seu iPhone e principalmente como ele afeta a sua rotina, para então, tomar decisões fundamentadas.

Mas o mais importante é você não parar por aqui. Siga as instruções deste post e comece a monitorar. Se o recurso já estiver ativo no seu iPhone, é hora de analisar os apps que estão sendo utilizados, mas, principalmente, entender o porquê.

Eu também estou no processo, e por exemplo, em relação a semana passada o meu uso caiu 7%. Eu realmente acho que pode cair mais, mas, um passo de cada vez, certo? E isso é só o começo!

Até logo 👋

Show Full Content

Sobre o Autor Ver Histórias

Victor Moreno
Victor Moreno

Usa iPhone desde 2008 e ensina a amigos e várias pessoas todos os dias sobre como usar melhor a tecnologia e os produtos da Apple.

Anterior Apple libera iOS 13.1.1 com correções para o consumo de bateria, Siri e restauração do backup
Próximo O Modo Escuro chegou no Professor do iPhone
Business Chat não é suportado neste dispositivo.

Clube do Professor

Conteúdo exclusivo e suporte prioritário.
Conheça agora

Faça parte da Lista VIP!

Mais lidos na Semana

Destaques

Close

PRÓXIMA HISTÓRIA

Close

3 Coisas estranhas que acontecem com o iPhone

7 de julho de 2019
Close